terça-feira, 29 de março de 2011

Pontos Cantados de Caboclos



Caboclo Pedra Fina
Na Mata virgem um sabiá cantou,
e as estrelas lá no céu brilhou,
Saravá seu Pedra Fina,
oh paranga que nas matas
Ele é o rei dos caçador,
Mais ele é o rei da Juremá
Saravá seu Pedra Fina,
ele é o dono do Congá
E,e,e,e a,
Pedra Fina Jurou Bandeira
Na Porta do Humaitá

Caboclo Pedra Fina
Estava sentado numa Pedra Fina
Pai Oxalá mandou lhe chamar
Este Caboclo que vem de Aruanda
Oxalá te chama para sua banda

Caboclo Ubirajara
Ubirajara vem chegando de Aruanda
Trazendo flechas pra saudar filhos de Umbanda
Ele é Caboclo,ele é flecheiro,atirador
Na Aruanda,
Ubirajara é vencedor

Caboclo Ubirajara
Ubirajara quando chegou
Não temeu a caboclo nenhum
Ele se chama Ubirajara
Caboclo bravo guardião do outro mundo
Edmundo,velho Edmundo
Ele se chama Ubirajara Caboclo bravo
Guardião do outro mundo
(“Corta língua,corta mironga,
Corta língua de falador
Na minha aldeia não tem embaraço
Sou Ubirajara do Peito de Aço”)

Caboclo Pena Branca
Eu ví Oxósse assubiar
Ele mandou chamar
É de Aruanda é
Seu pena branca
É de Aruanda é

Caboclo Tupinambá
Estava na beira do rio
Sem poder atravessar
Chamei pelo Caboclo
Caboclo Tupinambá
Tupinambá chamei
Chamei tornei chamar ea

Caboclo Roxo
Caboclo Roxo da pele morena
Ele é Oxosse,caçador lá na Juremá
Ele jurou e ele jurará
Pelos conselhos que a Juremá
Vai lhe dar

Cabocla Juremá
O Juremé,o Juremá
Sua flecha caiu serena o Juremá
Dentro deste Congá
Salve São Jorge Guerreiro
Salve São Sebastião
Salve os chefes desta casa que é
A nossa proteção.

Cabocla Juremá
Juremá negra, princesa, rainha
Dona da cidade mais o Juremé
É de Tupinambá é de Tupineie
Dona da Cidade mais o Juremé

Cabocla Juremá
Que lindo capacete de penas
Que tem a Cabocla Juremá
É tão lindo como a luz do sol

Caboclo Pena Dourada
Quando eu vim para esta casa
A aldeia balanceou!
Já ganhei meu arco e flecha
Rei Tupã quem me entregou
Na taba de minha tribo
Pai Xangô é protetor
Na choupana de Oxosse
O caboclo é vencedor
Olha eu sou Pena Dourada
Sou caboclo Caçador
Na choupana de Oxosse
O caboclo é vencedor!

Pisada do Caboclo
Como é bonita
A pisada do caboclo
Ele pisa na areia
No rastro dos outros
Salve a Sereia
Salve Iemanjá
Salve os caboclos
Da beira do mar

 Caboclo Serra Negra
O lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê,
O lírio, o lírio ê, o lírio. (bis)
O lírio é uma flor tão linda,
Que enfeita o Juremá. (bis)
Seu Serra Negra apanhou,
O seu bodoque e a sua flecha,
Sua ema foi caçar. (bis)
Atravessou toda a floresta,
Numa noite de luar. (bis)
O lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê, o lírio. (bis)

 

Caboclo Vira Mundo
Minha Bandeira É Branca
É Verde É Encarnada
Sou Caboclo Vira Mundo
Levo Pras Encruzilhadas!

Caboclo Treme Terra
Relampiou!
Lá Na Mata Estremeceu!
É Sinal Que A Falange Neste Momento Desceu!
Segure O Ponto Meus Filhos
Com Muita Fé E Amor
Afirmando A Corrente Da(o) Filha(o)
Seu Treme Terra Chegou!

Caboclo Treme Terra
eu nunca vi esse conga tremer
eu nunca vi esse conga tremer
Treme, Treme, Treme Terra agora que eu quero ver
Treme Terra treme o mar, treme as estrelas também
só não treme esse caboclo na hora de Deus amém

A trovoada trovejou
O relâmpago relampiou.
Veio do fundo da terra
Seu Treme-terra chegou!


Caboclo Cobra Coral
Ele é…Cobra Coral de umbanda..
Ele é mano de Tupinambá..
Ele vem descendo a serra com os caboclos..
Vem saudar Oxossi com a bênçãos de Oxalá

Caboclo Flecheiro
Ele Vem De Tão Longe
Cansado de caminhar
Salve o Caboclo Flecheiro
Que vem saravá meu Congá
Prá chegar neste terreiro
Ele cortou tanto cipó
Atravessou a Mata Virgem
Veio na fé do Pai Maior!

CABOCLO SETE FLECHAS
“Ele atirou
Ele atirou e ninguém viu
Ele atirou
Ele atirou e ninguém viu
Só o Sete Flechas é quem sabe
Aonde a flecha caiu
Só o Sete Flechas é quem sabe
Aonde a flecha caiu

Cabocla mariana
É no balanço do mar, é no balanço do mar, que ela vem trabalhar
É no balanço do mar, é no balanço do mar, que ela vem trabalhar
Ela é a Cabocla Mariana, ela vem da Turquia, no balanço do mar
Ela é a Cabocla Mariana, ela vem da Turquia, no balanço do mar

Caboclo Sultão das Matas
Sultão das matas, quem chamou fui Eu.
Sultão das matas, quem chamou fui Eu.
Até onça teve medo, do grito que ele deu
Até onça teve medo, do grito que ele

Caboclo Ventania
Vento que venta, vira furacão
É Senhor Ventania, caboclo de devoção.
Vento que venta, vira furacão
É Senhor Ventania, caboclo de devoção.

Caboclas
Caboclinha, é Iracema
Ela é cabocla do fundo do mar (bis)
Iemanjá foi quem mandou
Iracema trabalhar
Iemanjá lhe ordenou
todo mal daqui leva
Iracema, ó Indaiá
Janaína, ó Iara
São as caboclas das águas do mar
São as caboclas das águas do mar

Cabocla Iara
O lírio é uma flor,
Nasceu na beira d’água,
E na água se criou
Cabocla Iara!
Nasceu na beira d’água,
E na água se criou.

 Cabocla Jandira
Quem tem o poder sobre a terra?
Quem tem o poder sobre o mar?
É a cabocla Jandira!
Salve as sereias do mar!
Aruê ruê… Aruê ruá…
Saravá linda cabocla,
Salve Mamãe Yemanja.

CABOCLO PENA AZUL:
A SUA FLECHA QUEM LHE DEU FOI OXÓSSI!
A SUA LANÇA QUEM LHE DEU FOI OGUM!
E A ESTRELA QUE BRILHA EM SEU CAPACETE
VEIO DO MANTO DE MAMÃE OXUM!
SARAVÁ OGUM! SARAVÁ OXUM!
QUEM VAI CHEGAR DE ARUANDA É O CABOCLO PENA AZUL!

CABOCLA JUPIRA:
ESTAVA EM FESTA…
TODA FLORESTA ESTAVA EM FESTA
PORQUE CANTOU O UIRAPURU!
NO SEU CANTAR ELE VEIO ANUNCIAR
POIS A CABOCLA JUPIRA VAI BAIXAR!
NA TERRA DE PAI OLORUM ELA VAI BAIXAR PRA NOS AJUDAR!
ELA VAI SALVAR A SUA BANDA, A SUA GIRA!
SARAVÁ, PAI OLORUM SARAVÁ!
ACABA DE CHEGAR LINDA CABOCLA MENINA!
MAS ELA TEM A BELEZA QUE ENCANTA!
O OLHAR DE UMA SANTA
QUE NOS ENCANTA!
JUPIRA, LINDA CABOCLA MENINA!
É PORTADORA DE UMA MENSAGEM DIVINA:
ELA É, ELA É, ELA É
A MENINA DOS OLHOS DO CACIQUE AIMORÉ!

. CABOCLA JUSSARA:
CLARÃO ILUMINA A MATA!
CHUVA CAI, RIO NÃO PÁRA!
SARAVÁ UMBANDA LINDA!
BANDA DE DONA JUSSARA!

. CABOCLA JACIRA:
NA FONTE DE ÁGUA CRISTALINA
UMA BELA CABOCLA SE MIRA!
DOS CABELOS CORREM PÉROLAS DOURADAS!
TÁ NA GIRA A CABOCLA JACIRA!

CABOCLO DAS SETE ENCRUZILHADAS:
CHEGOU… CHEGOU…
CHEGOU COM DEUS!
CHEGOU.. CHEGOU…
O CABOCLO DAS SETE ENCRUZILHADAS!
SUA ALDEIA ESTAVA EM FESTA
SUA TABA TODA ILUMINADA
SARAVÁ O REI DA UMBANDA
SALVE SETE ENCRUZILHADAS!

CABOCLO PENA BRANCA
SARAVÁ SEU PENA BRANCA
SARAVÁ SEU ABAJÉ
TRAZ A FLECHA E SEU BODOQUE
PRA DEFENDER FILHOS DE FÉ
ELE VEM DE ARUANDA
TRABALHAR NESSE CONGÁ
SARAVÁ SEU PENA BRANCA
O GUERREIRO DE OXALÁ
SUA FLECHA VAI CERTEIRA
VAI PEGAR O FEITICEIRO
QUE FEZ JURAS E MANDINGAS
PARA OS FILHOS DO TERREIRO
PEGA O ARCO E ATIRA A FLECHA
QUE ESSE BICHO É CORREDOR
MAS DEVE SER CASTIGADO
ELE É MERECEDOR
 
 Caboclo 7 Flechas
 Lerereré....
Lere, lere, lere, lererá
Lereré....
Caboclo 7 Flechas
No  Congá
Saravá Seu Sete Flechas
Ele é o Rei da Mata
O seu  bodoque gira na Umbanda
E a sua Flecha mata...

Nenhum comentário:

Postar um comentário